FAÇA SUA PESQUISA

domingo, 6 de fevereiro de 2011

EU ADULTO, ÀS VEZES CRIANÇA


EU ADULTO, ÀS VEZES CRIANÇA
Martins Pescador


Só quem gosta de crianças
Só quem gosta como eu
Pode recordar lembranças
Desde o dia em que nasceu

Descalço sem camisa
Correndo de pés no chão
Tanto faz se é sol ou brisa
Tempo ruím é diversão

Quem já fez bola de meia
Já fez asas p´ra voar
Quem já brincou na areia
Hoje para p´ra pensar...

Desapareceu uma criança
Uma geração inteira
E até as brincadeiras
Mas ficou a lembrança

Um dia eu enterro este homem
E desenterro a criança!

2 comentários:

  1. Acho que hoje ela apareceu na tua saudade.
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  2. Lindas suas poesias
    Abraços
    Magnolia do Blog Sanharol

    ResponderExcluir